Dr. Lísias Nogueira Castilho - Urologista
Fone: (19)32540225 / 32124600
RADIUM CHECK-UP

Rua Peró Lopes, 820 - Taquaral
Campinas, SP CEP 13076-418


Dra. Silvia Diez Castilho - Pediatra
Fone: (19)25136091
Rua Dr. Emilio Ribas, 805 - CJ 42
Cambuí
Campinas, SP
CEP 13025-141

pediatrasilviacastilho.med.br

Em Destaque

.
O crescimento da pressão alta no Brasil PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   

hipertensaoA pressão alta, mais apropriadamente chamada de hipertensão arterial, vem crescendo em incidência em quase todo o mundo. No Brasil, oficialmente, segundo dados não muito confiáveis do Ministério da Saúde, a incidência aumentou de 22,5% em 2006 para 25,7% em 2016, isto é, o número de hipertensos diagnosticados por ano cresceu pouco a pouco, por razões variadas, algumas de fácil identificação, como o aumento do sobrepeso, o sedentarismo, a dieta rica em sódio, o consumo abusivo de refrigerantes e bebidas alcoólicas, além do estresse cada vez maior da vida cotidiana. Outras causas são genética, insuficiência renal, dislipidemia (colesterol e triglicérides aumentados), tabagismo e uso abusivo de certas drogas, lícitas, como a cafeína, ou ilícitas, como a cocaína.

Leia mais...
 
Quanto vive uma pessoa contaminada pelo vírus da AIDS? PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   

hiv-aids-ilustraQuando uma pessoa é infectada pelo vírus HIV (vírus da imunodeficiência humana), quer pelo uso compartilhado de drogas injetáveis, como cocaína e heroína, que por via sexual, homo ou heterossexual, quer por transfusão de sangue ou derivados, quer por acidentes em laboratórios, quer por via vertical (da mãe para o feto) ou por qualquer outro modo, muito mais raro, ela pode ficar com o vírus no corpo sem nunca desenvolver a doença AIDS – síndrome da imunodeficiência adquirida. O mais provável, todavia, é que, depois de alguns meses ou poucos anos, essa pessoa comece a apresentar sintomas da doença – febre, perda de peso, diarreia, e muitos outros sintomas e sinais inespecíficos.

Leia mais...
 
Uma guerra nas nossas ruas e estradas PDF Imprimir E-mail
Escrito por Dr. Lísias Castilho   

acidente-transito-fatalOs acidentes de trânsito no Brasil atual matam cerca de 60 mil pessoas por ano e deixam mutiladas outras 600 mil pessoas. O custo pessoal, familiar e social desses números pode ser estimado, mas é certamente uma fração do custo verdadeiro. O Brasil é um dos países que têm os números mais expressivos de acidentes de trânsito no mundo. Mais um triste recorde para nós.

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 42

Enquete

Você faz uso de auto-medicação?