Dr. Lísias Nogueira Castilho - Urologista | Fone: (19)32540225 / 3112-4600

Dra. Silvia Diez Castilho - Pediatra | Fone: (19)25136091

Artigos

Problemas sexuais do envelhecimento

Ainda que haja muitos problemas sexuais disfuncionais na juventude, tanto em homens como em mulheres, em todo o mundo, há problemas previsíveis, com os quais todos podemos contar, no processo de envelhecimento normal, sem doenças.

Homens que envelhecem com saúde preservada perdem potência sexual progressivamente. Suas ereções são menos frequentes e incompletas, isto é, há uma menor rigidez peniana. Mesmo assim, o coito é possível, e o indivíduo acaba se adaptando a uma ereção menos satisfatória. Essa situação pode progredir até que uma rigidez insuficiente para a penetração ocorra, ao que chamamos de disfunção erétil severa. Nestes casos, há que procurar ajuda médica. Isso pode ocorrer em homens sadios, não fumantes, em qualquer idade, mas a disfunção erétil guarda uma relação forte com a faixa etária, isto é, quanto mais velho é um homem, mais ele se aproxima da disfunção erétil.

Ao envelhecer, os homens perdem volume e redução da força de expulsão do ejaculado, isto é, o esperma sai em menor quantidade e com menor jato. A qualidade do esperma diminui também com a idade, tornando o homem menos fértil. Todavia, mesmo em idade muito avançada, o homem, diferentemente da mulher, pode ter filhos.
O desejo sexual não é tão afetado no processo de envelhecimento masculino. Diminui, naturalmente, mas ele é mais uma expressão de saúde mental do que de saúde física. Um homem mentalmente sadio preserva sua libido até morrer.

Nas mulheres sadias, a grande encruzilhada da vida é a menopausa. Depois dela, muitas mulheres perdem o desejo sexual, a lubrificação vaginal e o potencial orgástico. Muitas desenvolvem dispareunia, isto é, dor durante o coito. Isso não é uma sina de todas as mulheres, mas de parte considerável delas. Com alguma ajuda médica, esses problemas podem ser facilmente superados, especialmente naquelas mulheres que tiveram no passado uma vida sexual satisfatória.

Imprimir Email

0
0
0
s2sdefault