Back

O que é toxicidade cardíaca?

O que é toxicidade cardíaca?

A toxicidade cardíaca é um quadro médico caracterizado por condições diversas relacionadas ao coração, como insuficiência cardíaca, hipertensão arterial, arritmia, isquemia miocárdica, doenças tromboembólicas e disfunção ventricular sistólica, que são desenvolvidas em decorrência do tratamento de combate ao câncer.

Também chamado de cardiotoxicidade, esse é um dos efeitos adversos mais graves do tratamento oncológico, sendo diretamente relacionado à quimioterapia e aos medicamentos que são tradicionalmente utilizados nesse tipo de procedimento.

Outros Tratamentos da toxicidade cardíaca

Existem diferentes tipos de medicamentos quimioterápicos, sendo que nem todos ocasionam a toxicidade cardíaca.

Como atualmente a indicação de Cardioxane® que é indicado para a prevenção da doença do coração cumulativa crônica (toxicidade cardíaca acumulada) causada pelo uso dos medicamentos doxorrubicina ou epirrubicina (quimioterapia – classe dos antibióticos antraciclínicos) em pacientes com câncer de mama em fase avançada e / ou câncer metastático .

Geralmente, a toxicidade cardíaca se apresenta em um paciente oncológico que faz quimioterapia, mas que já possui problemas no coração, como um quadro  de hipertensão arterial.

A radioterapia também pode deflagrar um quadro de toxicidade cardíaca, em especial quando as sessões são feitas no tórax ou em áreas muito próximas ao coração.

Dependendo da gravidade da toxicidade cardíaca desenvolvida pelo paciente, seu tratamento oncológico pode ser temporariamente suspenso, e podem ser acrescentados ao tratamento do paciente medicamentos relacionados à saúde do coração.

Para evitar a gravidade desse quadro, recomenda-se o diagnóstico precoce através da realização de exames antes e durante os tratamentos que causam algum risco ao coração.

Fonte: Oncologia D’Or