Back

O exercício ajuda os homens durante o tratamento hormonal para o câncer de próstata

O exercício ajuda os homens durante o tratamento hormonal para o câncer de próstata

O exercício beneficia pacientes com câncer de próstata que se submetem a terapia redutora de hormônios, sugere um pequeno estudo.

O tratamento – chamado de terapia de supressão de andrógenos ou terapia de privação de andrógenos (ADT) – usa drogas ou cirurgia para reduzir o nível de hormônios andrógenos, que as células do câncer de próstata normalmente precisam para se multiplicar.

“O problema é que a ADT tem vários efeitos colaterais, incluindo aumento da gordura corporal, diminuição da aptidão cardiopulmonar e aumento da fadiga. Isso pode aumentar o risco de um evento cardiovascular e reduzir a qualidade de vida relacionada à saúde”, disse o líder do estudo Anthony Leicht, professor associado de ciências da saúde na James Cook University na Austrália.

Estudo internacional

O estudo internacional avaliou se um programa de exercícios supervisionados poderia ajudar a reduzir os efeitos colaterais da ADT em 50 homens e por quanto tempo os benefícios duraram.

“O grupo de exercícios completou três meses de treinamento aeróbico e de resistência supervisionado envolvendo duas sessões por semana de 60 minutos, seguidos por três meses de exercícios autodirigidos”, disse Leicht em um comunicado à imprensa da universidade.

O programa levou a melhorias sustentadas no risco dos pacientes de doenças cardíacas e pulmonares e em sua qualidade de vida, mas as melhorias na aptidão cardiopulmonar e na fadiga não continuaram após o término do exercício supervisionado.

“O que foi importante, e diferente da maioria dos outros estudos, foi que os pacientes iniciaram o programa de exercícios antes do início do tratamento com ADT. Outros estudos examinaram pacientes já em tratamento”, disse Leicht.

“Em segundo lugar, acompanhamos o período de exercícios autodirigidos e descobrimos que alguns dos benefícios estavam em andamento”, acrescentou ele.

Manter um programa de exercícios é importante porque os efeitos colaterais da ADT continuam a se desenvolver após os primeiros três meses de tratamento.

“Em pessoas mais velhas, muitas vezes vemos reduções na força e na função física apenas três meses após a interrupção do exercício supervisionado. Eles podem parar de se exercitar por causa do custo ou outros motivos”, disse Leicht.

Ele disse que exercícios em casa ou um período mais curto de supervisão seguido de suporte remoto podem ajudar a contornar essas limitações e fornecer benefícios mensuráveis ​​para homens com câncer de próstata.

O estudo foi publicado recentemente no British Journal of Urology .

Mais Informações

Fonte: American Câncer Society traduzido por Momento Saúde