Back

Recomendações sobre Coronavírus para pacientes portadores de ASMA

Recomendações sobre Coronavírus para pacientes portadores de ASMA O SARS-COV-2 é um novo vírus que não havia sido detectado em humanos até então. Ele causa a COVID-19, uma doença respiratória como a gripe (influenza), com sintomas diversos (tosse, febre, espirros, etc.). Nos casos graves, pode promover uma pneumonia. A OMS ( Organização Mundial de Saúde) inclui a ASMA, por ser uma doença crônica, dentro do grupo de maior risco. Até o momento, pouco se sabe como o coronavírus afeta as pessoas portadoras de ASMA, mas parecem estar pouco relacionadas. Os asmáticos devem tomar as mesmas precauções como quando qualquer doença respiratória que se dissemina na comunidade.

Recomendações específicas para pacientes com ASMA:

-É muito importante que os pacientes asmáticos realizem corretamente seu tratamento de base para manter um bom controle da asma. A adesão ao tratamento prescrito é fundamental para diminuir os riscos de complicações em geral.

– Caso compareça ao pronto-socorro e/ou qualquer outro centro de saúde com sintomas de asma (tosse, chiado no peito, sensação de dificuldade em respirar), leve seu próprio inalador, espaçador e máscara para inalação, para utiliza-los individualmente, se for necessário. Se você tiver alguma dúvida, entre em contato com seu médico alergista.

– Receba vacinas contra pneumonia, como a vacina pneumocócica e Haemophilus influenzae tipo B (Hib). Embora as vacinas não protejam contra 2019nCoV, é altamente desejável ser vacinado contra doenças respiratórias para manter a boa saúde.

Preço Medicamentos - Encontre medicamentos para asma

Preço Medicamentos – Encontre medicamentos para asma

– Siga as medidas preventivas gerais que a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu para reduzir a exposição e a transmissão do novo coronavírus, incluindo: Lave as mãos frequentemente com um desinfetante para as mãos à base de álcool (por 10 minutos) ou com água e sabão (20 segundos), pois o sabão mata o vírus se ele estiver em suas mãos. Adote medidas de etiqueta respiratória ao tossir ou espirrar, cubra imediatamente a boca e o nariz com o cotovelo flexionado ou com um lenço e lave as mãos com um desinfetante para as mãos à base de álcool ou sabão e água, evitando assim propagação de germes e vírus. Mantenha a distância social a pelo menos 1 metro entre você e outras pessoas, principalmente aquelas que tossem, espirram e têm febre. O vírus se projeta em gotículas minúsculas e, se estiver muito próximo, você pode inalar o vírus. Evite tocar seus olhos, nariz e boca. Suas mãos tocam muitas superfícies e elas podem estar contaminadas pelo vírus. Evite contato próximo com pessoas que estiverem com infecções respiratórias agudas, febre ou tosse. Utilize máscara se estiver tossindo ou espirrando. Elas só são eficazes se combinadas com a lavagem frequente das mãos. Limpe com frequência os utensílios que são comumente compartilhados no trabalho, em casa, na escola etc. Cumprimente as pessoas sem aperto de mãos e beijos, para evitar espalhar a infecção. Evite todos os tipos de viagens que não são essenciais. Se você tiver febre, tosse e falta de ar, procure aconselhamento médico rapidamente. Procure o seu médico com antecedência e informe sobre quaisquer viagens recentes que você tenha feito ou qualquer contato que tenha tido com viajantes. Isso permitirá que seu médico o direcione rapidamente ao centro de saúde apropriado, seguindo as recomendações locais e também ajudará a impedir a propagação do vírus COVID-19 e outros vírus. Mantenha-se informado e siga as recomendações dos profissionais de saúde, que são os interlocutores mais adequados para aconselhar sobre as medidas que a população da sua área deve tomar para se proteger.

Fonte:

https://www.who.int/es/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019

Reviews
5
Speed
Quality
Price
Friendly
Summary

Recomendações sobre Coronavírus para pacientes portadores de ASMA O SARS-COV-2 é um novo vírus que não havia sido detectado em humanos até então. Ele causa a COVID-19, uma doença respiratória como a gripe (influenza), com sintomas diversos (tosse, febre, espirros, etc.). Nos casos graves, pode promover uma pneumonia. A OMS ( Organização Mundial de Saúde) inclui a ASMA, por ser uma doença crônica, dentro do grupo de maior risco. Até o momento, pouco se sabe como o coronavírus afeta as pessoas portadoras de ASMA, mas parecem estar pouco relacionadas. Os asmáticos devem tomar as mesmas precauções como quando qualquer doença respiratória que se dissemina na comunidade.