Back

O poder do abraço

O PODER DO ABRAÇO: BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE MENTAL E FÍSICA.

Sabe aquele abraço apertado, sincero e cheio de afeto entre duas pessoas que se amam? Os cientistas descobriram que além da sensação de bem estar e satisfação imediata que um abraço proporciona, existem muitos outros benefícios que melhoram a saúde física e mental das pessoas envolvidas no abraço.

A psicoterapeuta Virginia Satir tem uma frase famosa que diz o seguinte: “Precisamos de 4 abraços por dia para sobreviver, 8 abraços por dia para nos manter e 12 abraços por dia para crescer”.

Não sei se essa conta está exagerada, mas é cientificamente comprovado que pessoas que dão e recebem abraços frequentemente, diminuem os batimentos do coração e a pressão sanguínea, reduzindo o risco de sofrer doenças cardíacas.

O sistema imunológico também é fortalecido porque durante o abraço, os hormônios responsáveis por combater infecções no organismo são liberados, deixando o corpo mais resistente às doenças.

Um hormônio especial, chamado oxitocina, mais conhecido como hormônio do amor também é amplamente liberado durante o abraço, proporcionando uma sensação de prazer e bem estar físico e emocional, assim como uma forte sensação de segurança.

 

A simples conexão física do abraço libera oxitocina suficiente para relaxar os músculos e aliviar dores, reduzindo também a pressão arterial e diminuindo os níveis de cortisol, conhecido como o hormônio do estresse.

A saúde do cérebro também é significativamente melhorada em pessoas que abraçam mais porque a oxitocina (olha ela aqui de novo) é liberada, aumentando o poder de memória e ajudando o cérebro e encontrar equilíbrio e serenidade.

A psicóloga Cristina Pires explica que a ausência da afetividade pode impactar negativamente a saúde mental de um indivíduo. “A falta de afeto pode trazer alguns sentimentos como o medo excessivo, a insegurança, a carência e a rebeldia. Por esse motivo, existem pessoas que se mostram tão distantes quando o assunto são os sentimentos e emoções”.

Cristina salienta, ainda, que o contato físico é mais importante, ainda, durante a infância. A recomendação para os responsáveis das crianças, durante o período de isolamento social, é de cuidado e carinho redobrado. “Crianças que não receberam afeto tornam-se adultos com alguns transtornos e usam o distanciamento como maneira de se protegerem”.

A psicóloga aponta como referência os especialistas em educação, Jean Piaget e Lev Vygotsky, que defendem que o modo como uma pessoa se relaciona com o mundo e com os outros influencia fortemente em seu processo de desenvolvimento. “Neste sentido, o afeto é importante não apenas para criar laços, mas para desenvolver pessoas amorosas e seguras, isso tem impacto positivo para toda a vida”.

Além de todos esses benefícios brevemente descritos aqui, você sabia que abraçar também emagrece?  Isso mesmo! Pode não parecer muito, mas em média 12 calorias são queimadas durante um abraço.

O melhor do abraço é que ele é de graça, um remédio natural e sem contra indicações para aliviar a tensão, reduzir o estresse, aumentar a autoestima, controlar a ansiedade e ainda garante um humor mais positivo após cada dose!

Com o distanciamento social por conta da pandemia do coronavírus, que continua em crescimento no Brasil, pequenos atos de afeto que antes passavam despercebidos, hoje tem um significado mais intenso e diferente. Abraçar é um deles, e nesta sexta-feira (22) Dia do Abraço, outras formas de expressar os sentimentos tiveram de ser buscadas.

Mas mesmo com a distância, criar relações afetuosas felizmente não é impossível, graças às tecnologias que possuímos atualmente.

Confira algumas dicas para celebrar o Dia do Abraço e expressar carinho por quem você gosta de forma segura:

  1. Faça uma chamada de vídeo com pessoas que não vê há algum tempo, em decorrência do isolamento social, e coloque os assuntos em dia.
  2. Passe um tempo de qualidade com as pessoas que estão na sua casa. Afaste-se do celular por algumas horas e ofereça atenção total. Vocês podem fazer diversas atividades juntos.
  3. Escreva e envie um texto para um amigo, ressaltando as suas qualidades e expressando quão importante é a relação de vocês.
  4. Ofereça ajuda para uma pessoa do seu convívio que precise de subsídios para passar pelo período de isolamento social ou, apenas, de ser ouvida por alguém.

Referências:
http://melhorcomsaude.com/o-poder-dos-abracos-beneficios-para-saude/
https://serunico.wordpress.com/o-poder-de-um-abraco/

Reviews
5
Speed
Quality
Price
Friendly
Summary

“Neste sentido, o afeto é importante não apenas para criar laços, mas para desenvolver pessoas amorosas e seguras, isso tem impacto positivo para toda a vida”.