Back

Semelhança entre sintomas de COVID e câncer de pulmão vira desafio para médicos

Semelhança entre sintomas de COVID e câncer de pulmão vira desafio para médicos

Um dos sintomas da COVID-19 é a tosse, e isso pode atrapalhar o diagnóstico de outras doenças graves, como o câncer de pulmão. De acordo com um estudo realizado pela instituição Cancer Research UK, em Londres, no Reino Unido, cerca de 350 mil pessoas a menos que o normal receberam o atendimento necessário urgente para o câncer, desde o fim de março, enquanto três milhões acabaram perdendo esse rastreamento pela condição estar sendo confundida com a doença provocada pelo coronavírus.

Segundo Neil Smith, clínico geral do Cancer Research UK, a queda desse atendimento urgente vem sendo como um “buraco negro” nos serviços contra o câncer. “O que eu mais notei durante o coronavírus é que poucos dos meus pacientes realmente chegam para me contar sobre os sinais e sintomas do câncer. Eles parecem relutantes”, comenta o médico. No final de setembro, os encaminhamentos médicos de suspeita de câncer de pulmão ainda eram de 60% em relação ao cenário pré-COVID-19.

Smith diz que o que pode também ter causado a diminuição é não somente as normas de isolamento social, como também a redução de algumas regiões em exames de diagnóstico e raios-x. Além disso, mesmo recebendo o encaminhamento médico, muitos pacientes ainda relutaram para se dirigir a um hospital e conduzir os testes. No entanto, a semelhança entre os sintomas da COVID-19 e do câncer de pulmão podem ter sido os principais agravantes.

Câncer de pulmão

Assim como a doença provocada pelo SARS-CoV-2, entre os sintomas do câncer de pulmão está a tosse incessante por cerca de duas a três semanas, falta de ar, cansaço e falta de energia persistentes, e diferenciar é algo muito desafiador. “Possivelmente, na sociedade, e até mesmo na área da saúde, estamos presumindo que vários sintomas respiratórios estão relacionados à COVID”, diz Smith, afirmando ainda estar preocupado com o diagnóstico tardio de câncer de pulmão que muitas pessoas possam ter.

Sintomas

Os sintomas de câncer de pulmão dependem do tipo, da sua localização e da maneira como ele se espalha dentro dos pulmões ou para áreas próximas aos pulmões, ou para outras partes do corpo. Algumas pessoas não apresentam sintomas por ocasião do diagnóstico.

Um dos sintomas mais comuns é a tosse persistente ou, em pessoas com tosse crônica, uma mudança nas características da tosse. Algumas pessoas expectoram sangue ou muco com estrias de sangue (hemoptise ). Raramente, o câncer de pulmão cresce em um vaso sanguíneo subjacente e pode causar sangramentos graves.

Outros sintomas não específicos de câncer de pulmão incluem perda de apetite, perda de peso, fadiga, dor torácica e fraqueza. Sintomas muito parecidos com a da Covid-19.

Michelle Mitchell, executiva-chefe do Cancer Research UK, conta que a pandemia vem trazendo um impacto devastador nos serviços de câncer e nos pacientes. São milhões de pessoas que ficam esperando o momento certo para fazer o diagnóstico da doença, ou ainda o tratamento. Agora, para os próximos anos, a instituição estima um maior investimento para recuperar os serviços e o atendimento adequado.

 Fonte: Canaltech traduzido por Momento Saúde