Back

Qual é a diferença Médico de Família e Clínico Geral?

Qual é a diferença Médico de Família e Clínico Geral?

Quando pensamos em exames de rotina, necessidade de atestados ou comprovações de saúde, quem logo vem à mente é a imagem do Clínico Geral. Com atuação em ambulatórios de consultas clínicas, na realização de plantões em hospitais ou serviços médicos generalistas, esses profissionais são valiosos para o cuidado geral do adulto, com formação voltada ao atendimento de doenças diversas.

No entanto, um profissional que tem ganhado destaque é o Médico de Família, que muitas vezes tem seu papel confundido com o do Clínico Geral. A confusão das pessoas, entre os dois médicos, se dá porque a Medicina de Família  tem experimentado seu crescimento importante há aproximadamente 10 a 15 anos apenas, apesar de existir há 30 anos.

No Brasil

Além disso, o Brasil é um país que fragmenta o cuidado em saúde, as pessoas têm uma cultura de procurar diretamente o especialista focal para investigar e tratar os sintomas que as afligem, por imaginarem que esse é o melhor caminho. Porém, consultando em um primeiro momento com o Médico de Família, ele fará a avaliação ampla da condição de saúde de cada pessoa, com enfoque nas doenças mais prevalentes para aquela faixa etária, evitando assim uma cascata de intervenções por exames ou medicações que podem causar dano.

Médico de Família 

O profissional formado em Medicina de Família  é o especialista nas pessoas, sem restrição de idade, gênero ou doenças, podendo tratar do bebê ao idoso. Ele ainda observa as relações pessoais do paciente, seu ambiente de trabalho e a comunidade em que vive, fazendo encaminhamentos para especialistas focais quando necessário.

O Médico de Família enxerga o paciente integralmente, dando atenção à todas as suas necessidades, realiza uma consulta centrada na pessoa, respeitando suas expectativas e suas crenças, e tem uma atuação pautada numa relação médico-paciente muito próxima, cheia de trocas pessoais.

O cuidado tem enfoque integral, com avaliação ampla das pessoas, incluindo avaliação clínica, psicológica, social, econômica, relacional, ambiental, com atuação clínica na prevenção de doenças, promoção de saúde, cura e reabilitação.

Principais diferenças

  • O Médico de Família atende as pessoas ao longo da vida, sem restrições de idade; o Clínico Geral atende adultos;
  • O Médico de Família atende a família e os problemas gerados nessas relações e no ambiente em que os pacientes vivem; o Clínico Geral atende os pacientes individualmente, sem enfoque comunitário;
  • O Médico de Família atua, em sua maioria, em equipe de saúde, realizando planos de cuidado terapêuticos, multiprofissionais com a equipe; o Clínico Geral, em sua maioria, tem atuação sozinho nos consultórios de Clínica Médica.

Portal de Telemedicina – HCO

Levando em consideração o modelo de Gestão Integrada da Saúde, o Portal de telemedicina Hco aproxima e conecta online paciente e Médico de Família.

Com isso, os pacientes terão acesso há um Médico de Referência, com formação em Medicina de Família, que será responsável por acompanhar e auxiliar no planejamento de saúde do paciente e de toda a família.

A sintonia médico-paciente, bem como as ações de prevenção, a visão macro da saúde mental, emocional e física, e o acolhimento, resultam em mais qualidade de vida, bem-estar e a confiança de estar sendo bem cuidado por alguém que você conhece e que te conhece.

Para acessar o portal é agendar a consulta com o Médico da Familia é só clicar no link, e já agendar a sua consulta!

https://hospitalconsultaonline.com/agendamento