Back

Testemunho Amaury Libaneo – Eu venci o câncer

Testemunho Amaury Libaneo – Eu venci o câncer

O diagnóstico

Quando eu recebi a notícia de que tinha um tumor na próstata em estado avançado e que já havia saído da mesma e atingido outros órgãos próximos e com metástase em um dos pulmões, fiquei por alguns segundos sem chão. Mais ainda quando o segundo médico (o primeiro não diagnosticou precocemente o câncer) disse que ele já não poderia fazer mais nada, e que a cirurgia teria sido descartada e me encaminhou para o oncologista.
Os próximos dias foram terríveis. Eu achava que iria morrer brevemente. Que o tratamento seria
apenas para prolongar minha vida.

 

O recomeço

Mas o que eu não percebi neste momento, era que Deus estava apenas começando um processo em minha vida, que tem se estendido até hoje.

Nestes dias, muitas pessoas começaram a interceder por mim junto a Deus e em resposta a
essas orações, aos poucos fui começando a me levantar.

 

O tratamento

No período de tratamento li um livreto chamado “ Como não desperdiçar seu câncer “ e o livro “ Confiando em Deus, mesmo quando a vida nos golpeia, aflige e fere”. Estes me ajudaram muito a entender que Deus tinha um propósito para minha vida e que tudo que eu estava passando naqueles dias, estava sob o controle dEle.
Confiar em Deus quando as coisas aparentemente não vão bem ou não são agradáveis parecem ser difíceis. E são mesmo. Precisamos de Sua ajuda.
Deus me fez me aproximar mais dEle. Reconhecer que minha vida é totalmente dEle, e que, portanto, Ele poderia fazer dela o que achasse melhor.

 

 

A espera

Quase dois anos se passaram. O tratamento continua e será para o resto de minha vida.
Levo uma vida praticamente normal. Deus em Sua bondade, permitiu que o tumor na próstata diminuísse e o do pulmão praticamente sumisse. Que as sequelas da quimioterapia e os
efeitos colaterais da medicação que tomo, não me atrapalhassem em nada.
Hoje posso dizer que sou outra pessoa depois do câncer, e que Deus quer sempre o melhor para aqueles que são Seus e nEle confiam.