Últimas notícias:

Ácido acetilsalicílico: o que você deve saber sobre o AAS

Serve para dor, febre e atua até contra as doenças cardiovasculares. O ácido acetilsalicílico, ou simplesmente AAS como você deve conhecer, é um dos medicamentos mais utilizados do mundo.

Saiba mais sobre o AAs com a leitura do artigo que a Momento Saúde elaborou para você.

Importante: este conteúdo é meramente informativo.

Não tome medicamentos sem o conhecimento do seu médico.

Para quê serve o ácido acetilsalicílico?

O AAS, conhecido comercialmente como aspirina, é um medicamento que serve para tratar a inflamação, combater a dor e baixar a febre em crianças e adultos. Ácido acetilsalicílico é o nome da composição do medicamento.

Em termos práticos, ele vai servir para aliviar as seguintes dores:

  • de cabeça;
  • de dente;
  • de garganta;
  • cólica menstrual;
  • muscular;
  • nas articulações;
  • nas costas;
  • de artrite;
  • Dor ou febre em caso de resfriados ou gripes.

Ele também pode ser usado como anticoagulante, evitando a formação de trombos ou coágulos que podem causar complicações cardíacas. Para este uso específico, um cardiologista é o profissional que vai receitar o AAS. O medicamento vai atuar para prevenir as seguintes condições:

  • infarto;
  • AVC;
  • ataques isquêmicos transitórios (AIT);
  • angina do peito;
  • tromboembolismo após cirurgia,;
  • trombose venosa profunda;
  • embolia pulmonar.

Prevenção de doenças cardíacas

Como você já viu, complicações cardíacas podem ser evitadas com o uso do ácido acetilsalicílico. Uma dose baixa é o suficiente para reduzir as chances dessas doenças surgirem ou se repetirem, no caso dos pacientes de risco.

Porém, o uso só é indicado quando o risco cardíaco é calculado, para que os efeitos colaterais não sejam maiores que o benefício ao tomar o medicamento.

Como o AAS deve ser tomado?

Ele é encontrado em forma de comprimido e deve ser tomado por via oral, com água, idealmente depois de comer, para evitar irritações no estômago.

Não custa reforçar que, muito embora a aspirina não tenha a venda atrelada à receita médica – por ser um Medicamento Isento de Prescrição (MIP), as doses e o tempo de uso são indicações exclusivas do médico.

Dosagem do AAS

A aspirina, ou AAS, é comercializada em diferentes dosagens.

Para ação anticoagulante, é indicada a versão de 81mg/100mg. A de 500mg, é recomendada principalmente contra dor e febre.

Muitas marcas já trazem o comprimido revestido, o que dispensa a necessidade de tomar o medicamento idealmente após as refeições, como forma de não irritar o estômago.

Quem não pode tomar o AAS?

O AAS não deve ser tomado em suspeitas de casos de dengue, por pessoas sensíveis ou alérgicas ao ácido acetilsalicílico, a salicilatos ou a outros componentes dos comprimidos. Ele deve ser evitado por quem tem:

  • Tendência para sangramentos;
  • Crise de asma induzida por salicilatos ou outros anti-inflamatórios não esteróides;
  • Úlceras do estômago ou do intestino ativas;
  • Histórico de úlceras no estômago ou intestino;
  • Insuficiência renal, hepática ou cardíaca grave;
  • Tratamento com metotrexato em doses superiores a 15 mg por semana;
  • Tratamento com outros anticoagulantes orais.

Grávidas não podem usar o medicamento, a não ser que seja expressamente recomendado pelo médico. Crianças menores de 12 anos devem ter o uso monitorado pelo pediatra.

Efeitos colaterais da aspirina

Como o ácido acetilsalicílico inibe o processo de coagulação no organismo, pode haver sangramentos em diferentes partes do corpo. Confira os efeitos colaterais mais comuns:

  • sangramentos no estômago e no intestino;
  • acidentes vasculares cerebrais;
  • sangramentos após cirurgias;
  • urticária;
  • zumbidos;
  • problemas hepáticos;
  • broncoespasmo;
  • perda de audição;
  • danos renais;
  • vômitos;
  • inchaço.

Se ingerido com álcool, o ácido acetilsalicílico aumenta o risco de sangramentos, portanto evite essa combinação.

O que você achou do artigo?

Nele, você viu que o ácido acetilsalicílico é amplamente utilizado como antiinflamatório e atua no combate à dor e a febre, tanto em adultos quanto em crianças. Viu também os efeitos colaterais e para quem a substância é contraindicada.

Aqui no Portal Momento Saúde você encontra informação de qualidade sobre saúde e bem-estar.

Pesquisar

Newsletter

Podcast

Categorias