Últimas notícias:

Conheça os impactos da saúde bucal no seu sono

Atualmente, ter uma boa qualidade de sono é uma raridade, visto o tanto de obrigações que as pessoas precisam cumprir. Porém, o que muitos não sabem, é que além de prejudicar o funcionamento do corpo, dormir mal também gera impactos na saúde bucal

Escovar os dentes é algo que previne diversas doenças bucais, mas para isso, é preciso fazer isso sempre após as refeições.

A noite é bem mais suscetível para adquirir doenças bucais, se os dentes não forem escovados de forma correta, por isso é necessário levar esse hábito como uma obrigação diária. 

Até mesmo pessoas que possuem um implante de dente necessitam desses cuidados, ou seja, cuidar da saúde bucal é imprescindível.

Qual a relação da saúde bucal com o seu sono?

A má qualidade do sono acomete diversas pessoas pelo mundo todo, devido a rotina intensa dos brasileiros, prejudicando o bem-estar dos indivíduos e ocasionando muitos problemas que levam a:

  • Gerar estresse;
  • Problemas dentários, como o bruxismo;
  • Insônia;
  • Cansaço excessivo;

Embora não seja tão comentado sobre como a má qualidade do sono pode prejudicar a saúde bucal, essas complicações diárias podem sim levar a essas condições.

O estresse pode prejudicar toda a saúde geral, levando a problemas como bruxismo e doenças que acometem a mandíbula, causando desconforto e de certa forma, causando danos na hora de dormir, levando a insônia. 

O cansaço excessivo é um dos sintomas mais frequentes quando não se tem horas suficientes de sono. É preciso pelo menos de 7 a 8 horas de sono para manter uma qualidade de vida adequada. 

Muitas pessoas que dormem pouco acabam tendo problemas dentários, até porque a má qualidade do sono influencia em diversos aspectos do dia a dia.

Com isso, muitas vezes a higiene bucal acaba ficando escassa, levando até mesmo a perda dos dentes. 

Nesse caso, então será preciso ver sobre preços de implantes dentários para repor o dente perdido.

Como se prevenir dos impactos da má higiene bucal no seu sono? 

 A má higiene bucal no seu sono é um dos principais fatores que resultam em doenças na arcada dentária e gengiva.

Para evitar que essas adversidades ocorram, é necessário cuidar da saúde bucal. Sendo importante então, estar sempre escovando os dentes após as refeições e principalmente antes de dormir. 

Quando dormimos, ocorre a diminuição da quantidade de saliva, e se não houver a higiene bucal adequada, as complicações dentárias se potencializam impactando na boca seca que levam a diversos transtornos bucais, como:

  • Tártaro;
  • Cárie;
  • Gengivite;
  • Periodontite.

Essas doenças bucais prejudicam e afetam muitos indivíduos. Portanto, apenas a escovação correta e as consultas periódicas com um dentista para realizar a limpeza profissional irá evitar que essas complicações aconteçam. 

As pessoas que possuem procedimentos ortodônticos, como o uso de aparelho dentário invisível e afins, precisam reforçar ainda mais a higiene bucal, auxiliando na potencialização do tratamento. 

Quantas vezes por dia é recomendado escovar os dentes?

Como falado anteriormente, há uma necessidade de se escovar os dentes após todas as refeições. Entretanto, alguns cuidados devem ser tomados para que não haja o desgaste dos elementos dentários e o seu esmalte. 

Para não haver esses impactos na saúde bucal, o recomendável é que se escove os dentes pelo menos 30 minutos após as refeições. 

Pois a acidez dos alimentos consumidos em conjunto com o uso da escova, pode levar ao desgaste dos dentes e até mesmo potencializar as doenças bucais. 

A falta de higiene bucal pode levar ao amarelamento dentário, afetando a autoestima do indivíduo. 

Então, com uma boa higiene recorrente e adequada, escovando os dentes ao menos 3 vezes ao dia, é possível evitar este problema.

Caso perceba que os dentes estão com aspecto amarelado, o recomendado é clarear os dentes, procurando pelo clareamento dental preço mais acessível e de qualidade para ter um sorriso sempre branco e bonito. 

O uso de cremes dentais específicos para cada indivíduo, que seja recomendado pelo seu dentista de confiança, é essencial para manter os dentes e a gengiva saudáveis. 

Usando os cremes dentais que contenham flúor em sua composição e levando em conta as recomendações profissionais, muitos problemas bucais serão evitados. 

Contudo, o uso do fio dental pode evitar o surgimento da placa bacteriana e consequentemente, o tártaro, que é uma das principais causas de doenças periodontais. 

Como dito anteriormente, pessoas que possuem aparelho invisível ou outros procedimentos ortodônticos necessitam de uma higiene bucal redobrada, pois requer cuidados específicos para que o tratamento seja eficaz. 

Agora que já sabe como a má qualidade do sono pode impactar na saúde bucal. Se possível, programe um horário para dormir e acordar, sendo importante no mínimo 7 horas de sono para que o corpo e os dentes se mantenham saudáveis.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Pesquisar

Advogados

Podcast

Categorias

Newsletter