Últimas notícias:

Leucemia linfocítica crônica (LLC)

A leucemia linfocítica crônica (LLC) é caracterizada pelo acúmulo progressivo de linfócitos B malignos fenotipicamente maduros. Os locais primários da doença incluem sangue periférico, medula óssea, baço e linfonodos.

Leia mais »

Miosite autoimune

Miosite autoimune é um grupo de doenças reumáticas autoimunes que causam inflamação e fraqueza nos músculos (polimiosite) ou na pele e músculos (dermatomiosite).

Leia mais »

Saiba tudo sobre Artrite Reumatoide

Artrite reumatoide (AR) é uma doença crônica autoimune sistêmica que envolve principalmente as articulações. A AR produz lesões mediadas por citocinas, quimiocinas e metaloproteases. As articulações periféricas (p. ex., punhos, articulações metacarpofalângicas) encontram-se simetricamente inflamadas, quase sempre resultando na destruição progressiva das estruturas articulares, geralmente acompanhada de sintomas sistêmicos.

Leia mais »

Lúpus eritematoso sistêmico (LES)

Cerca de 70% a 90% das pessoas que têm lúpus são mulheres em idade fértil, mas crianças (principalmente meninas), homens e mulheres idosos e até mesmo recém-nascidos também podem ser afetados. O lúpus ocorre em todas as partes do mundo, mas pode ser mais comum em negros e asiáticos do que em brancos.

Leia mais »

Leucemia linfoblástica aguda (LLA)

Leucemia linfoblástica aguda (LLA) é o câncer pediátrico mais comum; também afeta adultos de todas as idades. A transformação maligna e a proliferação não controlada de uma célula progenitora hematopoiética

Leia mais »

Trombocitopenia imune (PTI)

A trombocitopenia imune (púrpura trombocitopênica imune, PTI) é um distúrbio hemorrágico causado pela diminuição do número de plaquetas (trombócitos) que ocorre em uma pessoa que não tem outra doença que

Leia mais »

Síndrome de Sjögren

A síndrome de Sjögren é uma doença reumática autoimune comum e é caracterizada pela secura excessiva dos olhos, boca e outras membranas mucosas.

Leia mais »

Doenças autoimunes

O sistema imunológico precisa primeiro reconhecer as substâncias estranhas ou perigosas antes de poder defender o corpo contra elas. Estas substâncias incluem bactérias, vírus, parasitas (como vermes), algumas células cancerígenas e até órgãos e tecidos transplantados.

Leia mais »

Linfomas não Hodgkin

Embora se desconheça a causa da maioria dos linfomas não Hodgkin, existem fortes evidências de que vírus podem ter algum papel em alguns dos tipos menos comuns. Um tipo raro de linfoma não Hodgkin de progressão rápida, que ocorre no sul do Japão e no Caribe, pode resultar da infecção pelo vírus linfotrópico das células T humanas 1 (HTLV-1), um retrovírus similar ao vírus da imunodeficiência humana (HIV).

Leia mais »

Pesquisar

Newsletter

Podcast

Categorias